ABIQ
Notícias

Notícias > Diversos

Alimentos devem aumentar de preço nos próximos meses
22/08/2012

Organizações internacionais de crédito estão aconselhando os países a se preparar para a possibilidade de alta do preço dos alimentos nos próximos meses, mas, para o momento, o FMI e o BIRD veem poucos sinais da ocorrência de uma ampla crise dos alimentos, como a de 2007/2008. A pior seca em meio século nos EUA e uma safra fraca de cereais na região do Mar Negro provocaram a elevação dos preços do milho, do trigo e da soja. O preço do arroz -produto da cesta básica na Ásia e em partes da África- até agora permanece inalterado. "Não estamos falando neste momento que prevemos uma crise importante", disse Juergen Voegele, diretor do Departamento de Agricultura e Desenvolvimento Rural do Banco Mundial. "O mundo tem comida o bastante, mas é claro que não podemos prever o clima e, se algo extraordinário acontecer, poderemos nos encontrar em uma situação difícil de novo." (DCI)

Dados do BIRD mostram que os custos gerais com comida estão mais altos, mas ainda não chegaram aos níveis recordes de 2007/2008 - que deixaram milhões de pessoas na pobreza, uma vez que o preço dos alimentos subiu ao mesmo tempo que o do petróleo. Os efeitos da dupla crise em 2008 se dissiparam, enquanto a crise financeira global se intensificou, reduzindo a demanda. "Nossa recomendação é de que os países se preparem com bastante antecedência", afirmou Voegele. "Como nossos estoques de alimentos estão muito baixos, a volatilidade [de preços] não acabará com tanta facilidade." A mais recente alta do preço dos grãos ocorre em um momento em que a economia mundial se está desacelerando, a zona do euro enfrenta crise e o desemprego é alto em quase todos os lugares.

Fonte: Selectus 4022, 22/08/2012, DCI

Voltar

Veja também:
 
  Commodities Agrícolas
 
Diversos
 
  Mercado Internacional de Lácteos
 
  Mercado Nacional de Lácteos
 
  Pesquisas de Mercado
 
  Varejo Internacional
 
  Varejo Nacional
 

Endereço: Praça Dom José Gaspar n° 30 - 10° Andar - Centro - São Paulo - SP
Tel/Fax: (11) 3259-9213 / 3259-8266 / 3120-6348 - Desenvolvimento: Interpágina