ABIQ
Notícias

Notícias > Commodities Agrícolas

0s uruguaios gastam US$ 406 milhões por ano em lácteos
24/09/2014

De acordo com um estudo publicado pela consultoria Euromonitor Internacional, ao qual El País teve acesso, o consumidor local bebeu, em 2013, 70 litros de leite per capita de alguma das marcas que se comercializam no mercado interno.
A quantidade de leite que consumiram os uruguaios está muito longe do que ocorreu em outros países da região. O segundo lugar do ranking fica com o México, 48 litros per capita, depois vem a Colômbia com 39 litros per capita e em quarto lugar o Brasil, com 38 litros per capita.
Abaixo, na quinta posição aparece a Argentina com o consumo de 33 litros per capita, seguida pela Costa Rica, com 32 litros. Os dez maiores consumidores são completados com o Equador, 29 litros, Guatemala 24 litros, Chile com 15 litros e República Dominicana com 13 litros per capita.
Outra categoria que se destaca no Uruguai é o consumo de manteiga. De acordo com os dados do Euromonitor Internacional, a quantidade per capita é de 1,6 quilos anuais.
E assim como no caso do leite, existe uma diferença considerável em relação aos outros países do ranking: Chile com 1,1 kg/per capita; Argentina com 1 quilo na terceira colocação.
Entre os 10 primeiros seguem Brasil (0,4 kg); Costa Rica, República Dominicana e México (0,2 kg cada) e Bolívia, Colômbia e Guatemala (0,1 kg), segundo o relatório.
Mercado de lácteosPor outro lado, durante o ano passado o faturamento total com a venda de produtos lácteos no mercado interno alcançou US$ 406,3 milhões de acordo com dados do Instituto Nacional do Leite (Inale).
Assim sendo, calcula-se que o gasto médio dos uruguaios com o consumo destes produtos foi de US$ 123,60, em 2013.
O leite foi o produto que encabeçou as vendas no mercado interno com um total de US$ 168,4 milhões, seguido pelo queijo comum com US$ 85,6 milhões.
A comercialização de queijo fundido foi de US$ 73,9 milhões e o de iogurte US$ 44,4 milhões. A manteiga ocupou o quinto lugar em faturamento com US$ 28,5 milhões e o queijo ralado foi o sexto produto com maior demanda com vendas de US$ 5,5 milhões. Não existem dados sobre a comercialização de doce de leite.
Exportações [2014]O ingresso de divisas com exportações de produtos lácteos caiu levemente (-1%) nos primeiros 8 meses do ano, comparado com igual período de 2013.
Isto se deveu aos menores volumes na maioria dos produtos exportados, principalmente leite em pó desnatado (-40%) e manteiga (-20%), além de uma redução importante dos preços de referência, de acordo com o último informe divulgado pelo Inale.
No acumulado anual o faturamento total das vendas ao exterior totalizou US$ 542,7 milhões o equivalente a 137.312 toneladas, 10% menos que no acumulado em 2013.
Até agosto só foi observado aumento no faturamento das exportações de leite em pó integral, quando comparados com o mesmo período de 2013 (+13%).
Os outros produtos lácteos, leite em pó desnatado, queijo, e manteiga, registraram quedas de 26%, 8% e 5%, respectivamente.

Voltar

Veja também:
 
Commodities Agrícolas
 
  Diversos
 
  Mercado Internacional de Lácteos
 
  Mercado Nacional de Lácteos
 
  Pesquisas de Mercado
 
  Varejo Internacional
 
  Varejo Nacional
 

Endereço: Praça Dom José Gaspar n° 30 - 10° Andar - Centro - São Paulo - SP
Tel/Fax: (11) 3259-9213 / 3259-8266 / 3120-6348 - Desenvolvimento: Interpágina