ABIQ
Notícias

Notícias > Pesquisas de Mercado

O dinâmico mercado de leite e derivados e a ABIQ
14/07/2017

 
Realmente se existe um setor extremamente dinâmico é o do leite e seus derivados.
 
A diferença de preços praticados no início do segundo semestre de 2016 comparados com os de 2017, tanto para leite ao produtor como para os derivados, é significativo.
 
Essa volatilidade faz com o que o planejamento das indústrias produtoras de queijo nesse momento, deva ser feita com visão de curto prazo.  Qualquer previsão a médio e longo prazos corre sério risco de grandes erros quer pela situação do suprimento da matéria prima a preços desejados, quer em termos do consumo, que ainda está muito instável, embora acreditemos que deva fechar o ano um pouco melhor do que em 2016.
 
Crises à parte, nós da ABIQ continuamos acompanhando as demandas do nosso setor e agindo para melhorar as condições gerais da nossa indústria.
 
Entre as ações desse ano, finalmente conseguimos definir junto ao MAPA o nome do requeijão com gordura vegetal e amido que passa a se denominar “Produto Lácteo Fundido com Gordura Vegetal e Amido” com proposta de RTIQ em andamento pelo Departamento Técnico da ABIQ. Diante das ameaças que esse assunto trouxe aos nossos Associados, terminamos com uma situação que traz garantia a todos os produtores da categoria (circular DETEC 27 de 07/07/2017).
 
Noutro front, subscrevemos juntamente com o Sindleite SP e a FIESP o Manifesto de Concordância que adere ao Projeto Piloto de Logística Reversa de Embalagens Pós-Consumo no Estado de São Paulo ,o que nos habilitará a participar das demais ações relativas ao tema no âmbito da CETESB.  Com isso os Associados da ABIQ que produzem ou vendem queijos no Estado de S. Paulo participarão através da ABIQ, de um projeto conjunto de logística reversa que lhes poupará investimentos e recursos humanos caso as empresas tivessem que realizar individualmente a coleta pós consumo de suas embalagens.  O Acordo assinado pela ABIQ evitará transtornos a seus Associados além de poupar custos elevados e evitar unidades industriais sejam embargadas para produção e/ou comercialização dos produtos.
Outra demanda que julgamos importante encabeçar foi o encaminhamento junto à Câmara Setorial do Leite em Brasília do pleito elaborado com os demais países do Mercosul no âmbito da FEPALE, referente às negociações com a União Europeia. Solicitamos a exclusão dos lácteos dessa negociação por serem extremamente sensíveis à concorrência direta com o Bloco Europeu. Houve total aprovação do pleito pelos membros da Câmara Setorial exceto por uma única abstenção, da ABIA.  Esse foi um posicionamento importante para o setor, porque a inclusão dos lácteos na base dos acordos, nos submeteria a uma concorrência frontal e desequilibrada com os fabricantes do bloco europeu.
Destacamos ainda que apoiamos os nossos Associados no trabalho de exposição e relacionamento com o canal supermercadista mantendo a ilha da ABIQ na APAS 2017.  Ainda que nem todos os nossos Associados participem, consideramos importante destacar a presença do setor de queijos como ator importante do segmento de lácteos dentro das lojas e e perante os consumidores.
 
Também estivemos a convite da APIL na Fenasul/Expoleite 2017 para ampliar o nosso entrosamento com essa entidade que tem defendido as pequenas e médias indústrias de lácteos e de queijos no RS.
 
E, ainda para esse ano estamos já estamos finalizando a programação do 6º Seminário Regional da ABIQ 2017, que ocorrerá nos dias 28 e 29 de Setembro, em Foz do Iguaçu. Em comum acordo com seus Associados Afins escolhemos realizar o evento no Paraná, em reconhecimento ao desenvolvimento da bacia leiteira e da crescente qualificação indústria queijeira nesse Estado.  Esperamos estar preparando uma boa pauta de assuntos para partilhar com os queijeiros, Associados da ABIQ ou não, à medida em que um novo cenário com mais players internacionais vem se desenhando para os próximos anos.  Queremos que a indústria nacional esteja preparada para esse novo momento.  Esperamos ver todos os nossos  Associados e queijeiros de todo o País, por lá.  Será nosso grande prazer recebê-los.
 
E vamos caminhar no segundo semestre com a esperança de que o ano terminará mais produtivo e lucrativo para aqueles que se empenharem em atender a seus clientes e consumidores dentro das melhores práticas de mercado.
 
Fábio Scarcelli
Presidente da ABIQ

Voltar

Veja também:
 
  Commodities Agrícolas
 
  Diversos
 
  Mercado Internacional de Lácteos
 
  Mercado Nacional de Lácteos
 
Pesquisas de Mercado
 
  Varejo Internacional
 
  Varejo Nacional
 

Endereço: Praça Dom José Gaspar n° 30 - 10° Andar - Centro - São Paulo - SP
Tel/Fax: (11) 3259-9213 / 3259-8266 / 3120-6348 - Desenvolvimento: Interpágina