Notícias

Produtores de leite buscam mercado externo para escoar excedente de produção

16, março, 2018

Produtores leite – Outro dirigente que demonstra uma visão otimista para a economia em 2018 é o secretário executivo do Sindicato da Indústria de Laticínios do Rio Grande do Sul (Sindilat-RS), Darlan Palharini. Em particular para o setor lácteo, uma das pautas que vem sendo debatida com os países do Mercosul relaciona-se com as importações de produtos e aquisições de insumos da cadeia do leite. Palharini adianta que o Estado, Santa Catarina e Paraná estão buscando canais de exportação.
 
As vendas para o exterior significariam uma proteção às variações do mercado brasileiro. “Em 2017, pela primeira vez nos últimos 20 ou 30 anos, tivemos uma redução no consumo interno e ficamos sem opção para escoar a produção, o que ocasionou a queda de preço pelo excesso de oferta”, lembra o executivo do Sindilat-RS.
 
Sobre os impactos no setor do agronegócio com as operações Leite Compensado e, mais recentemente, a Carne Fraca, que apuram irregularidades na comercialização de lácteos e de carne, Palharini comenta que sempre gera alguns reflexos. Contudo, o secretário executivo do Sindilat ressalta que as ações demonstram que existe fiscalização e um controle sério a respeito dos alimentos.

Voltar

ABIQ Associação Brasileira das Industrias de Queijo

Praça Dom José Gaspar, Nº 30, 10º andar
01047-901 - São Paulo - SP
Tel.: (11) 3259-9213 / 3259-8266 / 3120-6348