Nutrição e Gastronomia

Princípios de uma alimentação nutritiva e adequada

Alimentação adequada e estilo de vida ativo, que devem ter início na infância são as melhores garantias de crescimento saudável com menor risco de desenvolvimento de doenças em todas as fases da vida.

O Brasil, desde a década de 40 vem vivenciando o aumento de mortalidade por doenças crônicas não transmissíveis e causas externas. Assim passam a ser preocupantes os índices de morbidade e mortalidade por doenças cardiovasculares, hipertensão arterial, obesidade, câncer e osteoporose.

Em praticamente todas estas situações, as intervenções dietéticas são de fundamental importância, Praticar uma alimentação saudável e equilibrada, que forneça todos os nutrientes necessários ao crescimento e a manutenção do organismo só depende de:

  • Escolha de uma variedade de alimentos que garanta o fornecimento de proteínas, carboidratos, vitaminas, minerais, gorduras e fibras de uma forma adequada;
  • Consumo de alimentos em quantidades suficientes para atingir as quotas diárias de todos os tipos de nutrientes;
  • Fracionamento das refeições em vezes suficientes, objetivando o atendimento das necessidades de apetite e da maturidade ou capacidade do aparelho digestivo;
  • Ingestão de refeições em ambiente tranqüilo;
  • Apresentação de refeições coloridas, com consistências variadas, servidas mornas e úmidas;

Uma outra maneira muito utilizada para orientação alimentar tem sido o uso da pirâmide alimentar, onde os alimentos estão agrupados de acordo com seu nutriente principal.

Deste gráfico, depreende-se a recomendação de uso em maiores freqüência e quantidades dos alimentos localizados na base da pirâmide e de menores freqüências e quantidades daqueles localizados no seu ápice. No mais, indica a principal contribuição em nutrientes dos alimentos demonstrados, como segue:

Cereais, pães, raízes e tubérculos: fonte de carboidratos e portanto de energia, devem predominar na alimentação de crianças e adultos.

Frutas, legumes e vegetais folhosos: fontes de vitaminas (principalmente A e C), minerais e fibras, são importantes na defesa e no bom funcionamento do organismo.

Carnes, ovos e leguminosas: fontes de proteínas, vitaminas (principalmente do complexo B) e minerais (ferro), são importantes principalmente na fase de crescimento e desenvolvimento da criança.

Leite, queijos e iogurte: fontes de proteínas, vitaminas (principalmente A, D, E, K) e minerais (cálcio e fósforo), importantes para o crescimento e fortalecimento dos ossos.

Gorduras e açúcares: fontes de energia devem ser consumidas com moderação

Voltar

  Nutrição e Gastronomia
Queijos na Nutrição
  Queijos na Gastronomia

Endereço: Praça Dom José Gaspar n° 30 - 10° Andar - Centro - São Paulo - SP
Tel/Fax: (11) 3259-9213 / 3259-8266 / 3120-6348 - Desenvolvimento: Interpágina