Nutrição e Gastronomia

Pesquisadores e endócrinos recomendam o consumo de queijos para aumentar o bom colesterol.

Uma pesquisa recente, realizada por pesquisadores da University of Copenhagen, na Dinamarca, e publicada no The American Journal of Clinical Nutrition, mostrou que os queijos com maior teor de lipídios aumentam os níveis de HDL, conhecido como bom colesterol.

Participaram da pesquisa 139 pessoas, divididas em três grupos: o primeiro não consumiu nenhum tipo de queijo, o segundo consumiu apenas queijos com baixos níveis de gordura, e o terceiro ingeriu apenas queijos gordurosos. Após 12 semanas, todos foram submetidos a exames laboratoriais para medir os níveis de colesterol, triglicérides, glicose e insulina. Os resultados foram surpreendentes: nenhum dos grupos apresentou alterações em seus níveis iniciais de LDL (colesterol ruim). Mas, o melhor de tudo é que o grupo que consumiu os queijos com maior teor de lipídios apresentou um aumento no nível de HDL (colesterol bom).

Em matéria do Jornal Pampulha, o diretor do Instituto Mineiro de Endocrinologia, Geraldo Santana, explicou que a relação entre colesterol e esses queijos já vem sendo rediscutida há algum tempo. Segundo ele, "as taxas de colesterol estão mais relacionadas com a produção natural desse lipídio pelo nosso corpo do que com a nossa alimentação". "Sabemos que apenas uma pequena parte do colesterol sanguíneo é proveniente do colesterol que ingerimos. A maior parte é produzida pelo nosso organismo e depende dos processos enzimáticos do fígado, influenciados pelos hormônios e pela nossa genética", afirma Santana.

Ainda segundo ele, "existem alimentos que podem aumentar o colesterol ruim, que são aqueles que contêm gorduras hidrogenadas. Mas, as gorduras presentes nos queijos, não são prejudiciais à saúde, em relação a alterações nas taxas de colesterol ruim, porque são naturais, de origem animal. Carboidratos refinados, como as farinhas brancas, também podem impactar as taxas de colesterol ruim", explica.

Fora os lipídios, os queijos são ricos em vitaminas como C, B6, B12, A, D, E e K, tiamina, riboflavina e niacina. Dentre os minerais, destaca-se, claro, o cálcio, do qual os lácteos são as principais fontes naturais, além do zinco, fósforo, potássio e ferro. Além disso, os queijos são excelentes fontes de proteínas.

 Voltar

  Nutrição e Gastronomia
Queijos na Nutrição
  Queijos na Gastronomia

Endereço: Praça Dom José Gaspar n° 30 - 10° Andar - Centro - São Paulo - SP
Tel/Fax: (11) 3259-9213 / 3259-8266 / 3120-6348 - Desenvolvimento: Interpágina